quinta-feira, 3 de março de 2011

Tempo e paciência... precisa-se.

Por favor, alguém me ajude e me indique onde se compra tempo…. e paciência, já agora.


A minha vida não anda nada fácil. Eu e o meu marido parecemos a mulher a dias e o padeiro, mas modernaços felizmente, porque pertencemos à era dos telemóveis. Passamos a vida ao telefone, a transmitir recados um ao outro. E porquê? Quando eu saio ele está a dormir, quando eu entro ele está a sair. Por este andar, qualquer dia entro em casa e não o conheço. Ainda bem que há o piolhito para fazer o reconhecimento do pai e da mãe.

Os últimos dias têm sido maratonas de trabalho desgastante e frustrante. É só gente doida, uns atrás dos outros e repetidos, porque já não lhes chega um único dia para lixarem o juízo à malta, qual quê, giro, giro é mesmo insistir vários dias seguidos. Eu juro que já cheguei a sair do gabinete para verificar se a placa da entrada (assim por magia) não teria sido substituída durante a noite por outra com os dizeres “clínica psiquiátrica”. Já não há pachorra, as pessoas andam frustradas com a crise, então devem sair de casa de manhã e pensar: «É pá, não tenho dinheiro, a vida não me anda a correr bem, esta noite não tive direito a sexo, portanto bora lá lixar o juízo a um funcionário dos transportes públicos, que é sempre assim a modos, que uma terapia alternativa, simples, fácil e gratuita como se quer. Ainda por cima pá, comprei um passe combinado ... isto inclui de certeza, enfernizar a vida aos gajos». Então e eu? Quando me passar de vez vou enfernizar a vida de quem?

Como o tempo tem sido limitado, porque entre o trabalho e os restantes afazeres o que resta é escasso, não tenho tido grandes oportunidades para me dedicar ao blogue ou para espreitar os vossos cantinhos, peço desculpa. Também não consigo aprender o conceito de “post agendado”, escrevo tudo “às três pancadas” à última hora. Portanto, quando não há tempo… não há post.

Mas hoje, não quis deixar passar em branco. Porque por muito que eu vos falhe, vocês continuam a ser uns queridos amigos blogosféricos (é giro o termo, não é?). Que me continuam a encher de mimos, sem eu fazer por isso. Caiu assim de repente, neste humilde cantinho, uma chuvada de selinhos, que eu não poderia ignorar, muito pelo contrário, só posso e quero agradecer. Muito, muito obrigada a todos vós. E agora vou passar à frente e mostrar os selos, antes que desate a chorar, alague o teclado do computador e esta porra entre toda em curto-circuito.

Oferecido pela menina do blogue Minis, tremoços&Saltos altos.

Oferecido pelas meninas dos Blogues Xá das 5 com Blair Randall, Coisas (in)significantes e My Dear Heart.



...

17 comentários:

  1. Olá Bella
    A vida é essa correria mesmo, as vezes achamos que não daremos conta de tanto trabalho, mas com o tempo tudo se ajeita.
    Bjux

    ResponderEliminar
  2. Tu tem calma... Cria prioridades, arranja 10 minutos só para ti em sil~encio mas calma. Panicar não dá em nada

    ResponderEliminar
  3. Afinal não sou só eu eheheh.
    Paciência ainda não se vende em pacotes...

    ResponderEliminar
  4. Estou a ver que não estou sozinha.

    Como me dizem a mim: "tem calma, isso é só uma fase".

    Mil pétalas...

    ResponderEliminar
  5. Querida
    Penso que já temos que chegue para formar uma equipe. Puxa eu ando numa correria não tenho hipótese de comentar a todos blogs. Comento aos que me são mais queridos.
    Beijoka

    ResponderEliminar
  6. psiuuuu se vc axar onde se compra paciencia pf me avisa que eu preciso de um montão urgente huauhauhahua bjokas menina...

    ResponderEliminar
  7. olá! a crise anda a servir de desculpa para muita coisa, nomeadamente para existirem mais assaltos. Mas é verdade, algumas pessoas são mesmo chatas, e ainda por cima, acham que tu tens que ter tempo para elas, mas também elas se esquecem que os funcionários, como tu e tal como elas, também são mal pagos.. infelizmente, existem clientes que acham que os funcionários, lhes devem serventia. E depois são mal educados...deduzo eu. beijos e tem calma contigo. Cabeça para cima! beijos

    ResponderEliminar
  8. Daqui deste lado estás perdoada.....mando-te uma boa dose de paciência se tu me mandares uma carreta de pachorra para lidar com "pessoas" mal humoradss e frustadss....que tal?
    Em frente "camarada" BELLA...e assobia para o lado de quando em quando
    Beijinhos pacientes

    ResponderEliminar
  9. Se descobrires onde se compra tempo, diz-me que tb quero!
    E qualquer dia descarrega em cima deles, também. Pode ser que aprendam!

    ResponderEliminar
  10. De tudo o que li o mau mesmo deve ser a parte do marido... o resto são infelizmente ossos do ofício...
    Mas como a vida é um ciclo, na próxima volta já estás na mó de cima... :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Esperemos que sejam fases, querida! Apenas fases!
    Que ao menos tenhamos forças, e mudar algo que possamos tornar melhor. beijo

    ResponderEliminar
  12. Tem feriadão aí tbém? Se tiver, acho que conseguirá descansar, encontrar o marido, encher o guri de carinhos...
    Por cá, ando em estado de graça, saiu meu livro, com textos do blog, vá visualisar a capa, quem sabe não pinta a vontade de ter um?!
    Bj*

    ResponderEliminar
  13. Ninguém deveria chatear os funcionários dos transportes públicos porque eles são uns queridos e sempre que amasso o chip do passe tiram-me outro em menos de dez minutos!

    E entendo perfeitamente a tua ausência, também tenho estado assim. Há dias em que temos tempo para vir ao blogue; outros em que, apesar de não termos tempo, temos disposição para arranjar um tempinho; há outros ainda em que de tão pouco tempo termos a nossa cabeça parece estar prestes a explodir e não temos vontade de fazer mais do que o básico diário!

    ResponderEliminar
  14. Bella,


    Que essa correria do dia a dia se acalme ...
    E que sobre um tempinho pra tudo que gostas
    de fazer .

    Quanto aos selinhos , te são muito merecidos.
    Você é adorável e seu blog também.


    Bjo e Bom Sábado.

    ResponderEliminar